ERPI (LAR DE IDOSOS)

 

As inscrições on-line de idosos para admissão na respostas socias de ERPI (Estrutura Residencial para Pessoas Idosas), Centro de Dia e SAD (Serviço de Apoio Domiciliário) poderão ser efetuadas através do seguinte link : Formulário de admissão

A Estrutura Residencial para Pessoas Idosas é uma resposta social desenvolvida em alojamento colectivo, de utilização temporária ou permanente, para idosos em situação de maior risco de perda de independência e/ou autonomia.

   A ERPI tem como objectivos principais:

   a) Proporcionar serviços adequados à satisfação das necessidades dos residentes;

   b) Proporcionar alojamento temporário como forma de apoio à família (doença de um dos elementos, fins de semana, férias e outras);

   c) Prestar os apoios necessários às famílias dos idosos, no sentido de preservar e fortalecer os laços familiares.

   d) Contribuir para uma velhice estável, confortável e condigna, permitindo uma vida com maior estabilidade e segurança afectiva

   e) Proporcionar ao idoso oportunidades para exprimir e desenvolver, individual e colectivamente, as suas capacidades laborais, intelectuais, de comunicação, de criação e de relacionamento humano.

   f) Despistar problemas de saúde, procedendo ao seu encaminhamento para técnicos de saúde especializados.

   A população alvo dos lares de Idosos são pessoas de 65 e mais anos cuja situação/problema não lhes permita permanecer no seu meio habitual de vida. Pessoas com menos de 65 anos, só em condições excepcionais a considerar caso a caso.

   O lar assegura cuidados médicos e de enfermagem aos utentes.

   É ainda apoiado por uma Professora de Ginástica, uma Assistente Social e um Capelão.

   A mensalidade é fixada de acordo com a reforma, havendo comparticipação familiar estabelecida, caso a caso.

     231 422 578

Direitos dos Utentes

Todos os utentes têm direito a:

·     - Serem amados, respeitados e compreendidos.

·     - Alojamento em quartos duplos ou triplos.

·     - Alimentação saudável e equilibrada.

·     - Cuidados básicos de higiene, saúde e conforto.

·     - Tratamento das roupas.

·     - Utilização das salas de convívio, salas de ocupação, capela, jardins e

         restantes espaços exteriores.

·     - Assistência religiosa católica.

·     - Assistência médica.

·     - Assistência de enfermagem.

·     - Tratamentos de fisioterapia.

·     - Receber visitas de familiares e/ou amigos, diariamente, dentro do horário

         estabelecido pela instituição.

·     - Ser prontamente assistido em caso de acidente ou surgimento de doença

         súbita.

·     - Apresentar críticas ou sugestões relativas ao funcionamento do lar.

·     - Ter acesso à utilização dos materiais e meios disponíveis.

·     - Ser atendido por qualquer funcionário habilitado.    

·     - Possuir os bens que pretendam sendo os únicos responsáveis em caso de

         perda ou extravio dos mesmos. A direcção do Lar apenas se responsabiliza

         pelos bens que lhe sejam entregues, os quais serão guardados em cofre.

·     - Possuir roupa e calçado apropriados à estação do ano decorrente, desde

         que não excedam os espaços disponíveis para o efeito.

·     - Receber chamadas telefónicas entre as 08h e as 21h.

Deveres dos Utentes

Todos os utentes têm o dever de:

·     Respeitar a instituição e todos os funcionários mantendo com eles uma relação de confiança, apoio e sinceridade.

·     Respeitar os restantes utentes criando com eles relação de solidariedade, amizade e confiança, contribuindo para o bom relacionamento entre todos.

·     Manter os quartos, as casas de banho, as salas e os restantes espaços do edifício arrumados e em condições de higiene, não permitindo a acumulação de lixo em qualquer um desses locais, sempre que o possa fazer.

·     Utilizar de forma higiénica e cuidada as instalações sanitárias, solicitando a ajuda das funcionárias sempre a esta situação não for possível.

·     Deslocar-se livremente em todo o edifício, não perturbando os outros utentes.

·     Comunicar às funcionárias as suas deslocações ao exterior.

·     Respeitar os horários das refeições.

·     Manter uma ocupação nos vários sectores, conforme as suas preferências e aptidões.

·     Utilizar criteriosamente, mantendo em boas condições, os materiais e meios colocados à sua disposição.

·     Respeitar as orientações da direcção.

     Poderão inscrever-se nos lares idosos de ambos os sexos com idade igual ou superior a 65 anos.

 

 
 
 

 

 
   
       

Página concebida e realizada sob a responsabilidade da Santa Casa da Misericórdia   -  Cantanhede

Rua Dr. António José da Silva Poiares
3060-141 Cantanhede

©  M S C